fbpx
revendedora assessora grumos de produto orisweden

Grumos de Produto: Eis o Porquê

Alguma vez notou grumos no rosto após aplicação dos cuidados de rosto – semelhante àqueles incómodos borbotos que teimam aparecer nas nossas camisolas preferidas? Se sim, então é mais uma vítima deste fenómeno. Saiba o que pode fazer para preveni-los!

Em primeiro lugar, o que são grumos de produto?
Tal como os borbotos que aparecem nas camisolas grossas de inverno, podem surgir grumos ao aplicar os cuidados do rosto. Os borbotos nas camisolas são pequenas bolas de fibra acumulada, surgindo geralmente em zonas de maior fricção, tai como debaixo dos braços. Por outro lado, os grumos de produtos surgem quando os produtos de colam uns nos outros em vez de serem absorvidos na pele. O resultado? Formação de bolinhas acinzentadas aquando da aplicação do Creme Hidratante ou maquilhagem – nada ideal quando está com pressa e tem de começar a rotina do início.

O que causa os grumos de produto?
Embora possa ser uma combinação de fatores, alguns dos motivos mais comuns são:

1. Usar demasiada quantidade de produto
Menos é mais, e isto é especialmente verdade no que diz respeito aos cuidados do rosto. Se aplicar demasiado hidratante ou um hidratante demasiado pesado para o seu tipo de pele, a pele terá dificuldade em absorvê-lo, dando origem aos frustrantes grumos de produto no rosto.

O que fazer? A solução é simples – basta aplicar uma quantidade menor/ou um produto de textura mais ligeira para promover uma absorção mais eficaz!

2. Estar com pressa
Os grumos são uma ocorrência comum quando está com falta de tempo. O motivo? Não dar tempo suficiente para que cada produto seja absorvido na pele, antes de aplicar o produto seguinte. Assim, ao aplicar a camada de produto seguinte, dá-se a fricção com o anterior, removendo a camada aplicada anteriormente.

O que fazer? Não apresse o processo. Dê tempo para que o produto seja absorvido, antes de aplicar a camada seguinte. Poderá incorporar este tempo na restante rotina, por exemplo escovar os dentes após a aplicação do hidratante ou pentear o cabelo após aplicar a base de cor.

3. Não esfoliar a pele

Aplicar os produtos de cuidados do rosto e maquilhagem em camadas e camadas de células cutâneas mortas é a receita perfeita para os grumos, uma vez que as células mortas não absorvem produto de forma tão eficaz quanto as células cutâneas saudáveis.

O que fazer? Fazer da esfoliação regular parte da sua rotina de cuidados do rosto, a fim de promover e otimizar a renovação celular. Isto é especialmente importante durante os meses frios de inverno quando muitos tendem a desenvolver escamação e acumulação de células cutâneas mortas. O nossoPEELING SKIN RENEWING Novage esfolia suavemente a pele morta – revelando uma tez radiante e saudável.

 

4. Produtos incompatíveis

Por vezes, o que adora num produto pode ser o que causa o que mais odeia. Isto aplica-se, por exemplo, aos produtos à base de silicone – muitas vezes presente nas bases de cor ou primer, sendo utilizado a fim de criar uma barreira para a perda de hidratação ao mesmo tempo que suaviza a tez. Infelizmente, isto também significa que aplicar uma base de cor à base de silicone sobre um hidratante também com silicone poderá resultar numa “choque” de produtos – e aqueles temíveis grumos.

O que fazer? Evitar a aplicação de diferentes produtos à base de silicone. Se utilizar uma base de cor à base de silicone, evite aplicar um hidratante com silicone.

5. Aplicar produtos na ordem incorreta

É importante pensar tanto nos ingredientes como na ordem de aplicação. Produtos à base de água são aplicados primeiro, sendo absorvidos de forma mais rápida na pele, enquanto os produtos à base de óleo selam a hidratação e devem ser aplicados em último lugar. Aplicar produtos à base de óleo em primeiro lugar irá bloquear a absorção e fazer com que os produtos à base de água acumulem na superfície da pele e formem grumos.

Esperamos que estas dicas a ajudem a evitar este fenómeno frustrante e a ter manhãs sempre produtivas!